(51) 3233-3804   (51) 99355-4456   libretos@libretos.com.br
  • O espião que aprendeu a ler
  • O espião que aprendeu a ler
O espião que aprendeu a ler
9788555490590
16 x 23 cm
216 páginas
1ª edição - 2019

O espião que aprendeu a ler

Rafael Guimaraens


R$ 45,00


Simular o frete

O livro relata o período em que Hans Curt Meyer-Clason viveu no Brasil, antes de se tornar o célebre tradutor que introduziu a literatura brasileira na Alemanha. Ele morou em Porto Alegre entre 1940 e 1942, quando foi preso pela Polícia gaúcha acusado de ser espião nazista – algo que nunca admitiu. Permaneceu detido por cinco anos na Ilha Grande, no Rio de Janeiro. Palavras do próprio Clason: Foi ali que conheci meu grande professor de vida, o poeta e barão alemão Gerd von Rhein. Ele tinha sido preso pela Gestapo e depois deixou a Alemanha com seu parceiro (...). Por intermédio dele, conheci toda a literatura de Homero a Sartre. (…) Não fosse a prisão, eu seria um empresário, não um escritor e tradutor.

O escritor Rafael Guima­raens pesquisou em relatórios policiais, processos judiciais, revistas e jornais da época, cartas e documentos do próprio Meyer-Clason para contar uma história de paixões, mistérios e descobertas, na qual a literatura emerge como grande fator de transformação do ser humano. Jornalista e escritor, nascido em Porto Alegre (1956), é autor de 16 livros, cuja narrativa encontra, nos fatos históricos, motivação para tratar de temas atuais.

O espião que aprendeu a ler
O espião que aprendeu a ler
O espião que aprendeu a ler
O espião que aprendeu a ler
O espião que aprendeu a ler
O espião que aprendeu a ler


Sobre o autor

O espião que aprendeu a ler

Rafael Guimaraens

Nascido em Porto Alegre (25/05/1956), Carlos Rafael Guimaraens Filho é jornalista profissional desde 1976. Atuou como repórter, editor e secretário de redação da Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre (Coojornal). Foi editor de Política do jornal Diário do Sul. Exerceu diversas funções nas assessorias de imprensa da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Governo do Estado do RS e Assembleia Legislativa do RS.

É autor dos livros “O Livrão e o Jornalzinho” (1997, reedição em 2011), “Pôrto Alegre Agôsto 61” (2001), “Trem de Volta, Teatro de Equipe” (com Mario de Almeida, 2003), “Tragédia da Rua da Praia” (2005, Prêmio “O Sul Nacional e os Livros”, categoria melhor narrativa longa), “Abaixo a Repressão – Movimento Estudantil e as Liberdades Democráticas” (com Ivanir Bortot, 2008), “Teatro de Arena – Palco de Resistência” (2009, Prêmio Açorianos categoria Especial e Livro do Ano), “A Enchente de 41” (2010, Prêmio da Associação Gaúcha de Escritores, como melhor livro não-ficção), “Rua da Praia – Um Passeio no Tempo” (2010), “Unidos pela Liberdade!” (2011), “Mercado Público – Palácio do Povo” (2012), “A Dama da Lagoa” (2013), “Aguas do Guaíba” (2015), “O Sargento o Marechal e o Faquir” (2016, Prêmio da Associação Gaúcha de Escritores, categoria Especial), 20 Relatos Insólitos de Porto Alegre” (2017, Prêmio Minuano de Literatura), “Fim da Linha - Crime do Bonde” (2018), “O Espião que Aprendeu a Ler (2019) e “1935” pela Editora Libretos.

Em 1986, editou o livro “Legalidade – 25 anos”. Coordenou a edição do livro “Coojornal – um Jornal de Jornalistas sob o Regime Militar” (2011, Prêmio Açorianos, categoria Especial) e “Os Filhos Deste Solo – Olhares Sobre o povo Brasileiro” (2013). Produziu o roteiro do espetáculo “Legalidade – o Musical” (2011), exibido diante do Palácio Piratini, em comemoração aos 50 anos da Campanha da Legalidade.

Atividades continuadas em Cultura

Rafael Guimaraens

https://literaturapolicial.com/2016/04/11/tragedia-da-rua-da-praia-por-rafael-guimaraens/

https://gauchazh.clicrbs.com.br/cultura-e-lazer/noticia/2013/11/a-dama-da-lagoa-reconstitui-crime-passional-ocorrido-em-porto-alegre-nos-anos-1940-4325466.html

https://revistaforum.com.br/colunistas/inversoconjugado/ex-sargento-com-orgulho-conheca-a-historia-de-uma-das-primeiras-mortes-da-ditadura/

http://www.ihuonline.unisinos.br/artigo/6612-rafael-guimaraens

https://www.uniritter.edu.br/noticias/blog/editora-libretos-lanca-obra-sobre-a-enchente-de-41

https://rascunho.com.br/rascunho-recomenda/fim-da-linha-o-crime-do-bonde/

https://rascunho.com.br/noticias/a-servico-da-historia/

https://gauchazh.clicrbs.com.br/cultura-e-lazer/livros/noticia/2017/03/livro-reune-20-historias-insolitas-de-porto-alegre-9752453.html

Livros



Saiba mais...

Trecho do livro:
“Leia como se estivesse saboreando um fruto doce. Roce as palavras com a língua, deixe que elas lhe invadam a mente e se imponham. Embriague-se delas. Cultive as frases, releia aquela que o instiga, uma, duas, dez vezes até domesticá-la ou até que ela o domine. Deixe-se seduzir. Imagine sua mente como um caldeirão, e as palavras como os ingredientes que darão sabor a sua vida.”

 

Sumário

– Inglês, of course?

Pampaschwermut

Roda-gigante

Cristo Redentor

Barão Von Rhein

Epílogo

Notas finais
O recurso
A obra de Curt Meyer-Clason
A trajetória de Plínio Brasil Milano
Fontes de pesquisa
Agradecimentos especiais

Quer receber nossas novidades? Deixe aqui o seu e-mail.

Pesquisa

Editora Libretos

CNPJ 81.249.727/0001-09
Rua Peri Machado 222 | Bloco B | 707 | Porto Alegre | RS | CEP 90130-130
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(51) 3233-3804 | (51) 99355-4456

2020 © Editora Libretos