(51) 3233-3804   (51) 99355-4456   libretos@libretos.com.br
  • Águas do Guaíba
  • Águas do Guaíba
Águas do Guaíba
978-855-54-90-03-3
27 x 27 cm
216 páginas
2015

Design Gráfico:
Clô Barcellos

Ilustrações:
Edgar Vasques

Fotografia:
Marco Nedeff

Categorias Relacionadas:

Águas do Guaíba

Rafael Guimaraens, Clô Barcellos, Edgar Vasques, Marco Nedeff


Águas do Guaíba propõe um passeio pelas águas que banham Porto Alegre e mais quatro municípios gaúchos. Com textos, fotos antigas e atuais, ilustrações e mapas, o livro faz um inventário cultural e afetivo dos episódios, prédios, recantos e eventos marcantes que tiveram e têm o Guaíba e suas margens como cenário. O Cais histórico, a Usina do Gasômetro, a antiga Cadeia, a Ponte, os estádios do Grêmio e do Internacional, a Festa dos Navegantes, os grandes aterros, as grandes enchentes, as praias e ilhas com suas peculiaridades, as origens do povoamento da região, a contaminação das águas e o esforço para sua recuperação, as cores e luzes do por do sol. O livro tem pesquisa e textos de Rafael Guimaraens, ilustrações de Edgar Vasques, fotos de Marco Nedeff e Ricardo Stricher e edição de arte de Clô Barcellos.



Sobre o autor

Águas do Guaíba

Rafael Guimaraens

Nascido em Porto Alegre (25/05/1956), Carlos Rafael Guimaraens Filho é jornalista profissional desde 1976. Atuou como repórter, editor e secretário de redação da Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre (Coojornal). Foi editor de Política do jornal Diário do Sul. Exerceu diversas funções nas assessorias de imprensa da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Governo do Estado do RS e Assembleia Legislativa do RS.

É autor dos livros “O Livrão e o Jornalzinho” (1997, reedição em 2011), “Pôrto Alegre Agôsto 61” (2001), “Trem de Volta, Teatro de Equipe” (com Mario de Almeida, 2003), “Tragédia da Rua da Praia” (2005, Prêmio “O Sul Nacional e os Livros”, categoria melhor narrativa longa), “Abaixo a Repressão – Movimento Estudantil e as Liberdades Democráticas” (com Ivanir Bortot, 2008), “Teatro de Arena – Palco de Resistência” (2009, Prêmio Açorianos categoria Especial e Livro do Ano), “A Enchente de 41” (2010, Prêmio da Associação Gaúcha de Escritores, como melhor livro não-ficção), “Rua da Praia – Um Passeio no Tempo” (2010), “Unidos pela Liberdade!” (2011), “Mercado Público – Palácio do Povo” (2012), “A Dama da Lagoa” (2013), “Aguas do Guaíba” (2015), “O Sargento o Marechal e o Faquir” (2016, Prêmio da Associação Gaúcha de Escritores, categoria Especial), 20 Relatos Insólitos de Porto Alegre” (2017, Prêmio Minuano de Literatura), “Fim da Linha - Crime do Bonde” (2018), “O Espião que Aprendeu a Ler (2019) e “1935” pela Editora Libretos.

Em 1986, editou o livro “Legalidade – 25 anos”. Coordenou a edição do livro “Coojornal – um Jornal de Jornalistas sob o Regime Militar” (2011, Prêmio Açorianos, categoria Especial) e “Os Filhos Deste Solo – Olhares Sobre o povo Brasileiro” (2013). Produziu o roteiro do espetáculo “Legalidade – o Musical” (2011), exibido diante do Palácio Piratini, em comemoração aos 50 anos da Campanha da Legalidade.

Atividades continuadas em Cultura

Rafael Guimaraens

https://literaturapolicial.com/2016/04/11/tragedia-da-rua-da-praia-por-rafael-guimaraens/

https://gauchazh.clicrbs.com.br/cultura-e-lazer/noticia/2013/11/a-dama-da-lagoa-reconstitui-crime-passional-ocorrido-em-porto-alegre-nos-anos-1940-4325466.html

https://revistaforum.com.br/colunistas/inversoconjugado/ex-sargento-com-orgulho-conheca-a-historia-de-uma-das-primeiras-mortes-da-ditadura/

http://www.ihuonline.unisinos.br/artigo/6612-rafael-guimaraens

https://www.uniritter.edu.br/noticias/blog/editora-libretos-lanca-obra-sobre-a-enchente-de-41

https://rascunho.com.br/rascunho-recomenda/fim-da-linha-o-crime-do-bonde/

https://rascunho.com.br/noticias/a-servico-da-historia/

https://gauchazh.clicrbs.com.br/cultura-e-lazer/livros/noticia/2017/03/livro-reune-20-historias-insolitas-de-porto-alegre-9752453.html

Livros



Clô Barcellos

Clô Barcellos é jornalista (PUC/RS), designer (ULBRA) e artista plástica (UFRGS). Atua desde 1982 na área de design editorial , tendo acumulado experiências no desenvolvimento e coordenação do design das revistas
Amanhã e Aplauso, além de diversas outras publicações da Editora Plural Comunicações durante seis anos.
Desde 1996, dirige sua própria empresa, com dois canais de atuação: a Libretos Comunicação e a Libretos Editora. Através de sua editora, editou e produziu design para mais de 100 títulos próprios. O catálogo ativo
completo da editora está em www.libretos.com.br. Através da Libretos Design Gráfico, desenhou e finalizou diversas publicações dentre os colecionáveis de Zero Hora, posteriormente, RBS
Publicações. Alguns exemplos: História Ilustrada de Porto Alegre ; História Ilustrada do Rio Grande do Sul;Os Farrapos foi selecionado na III Bienal de Design Gráfico da Associação dos Designers Gráficos /ADG e premiado com Troféu Açorianos de Literatura 2002, categoria Projeto Gráfico;Felipão, a alma do Penta, com design adquirido em Portugal em edição portuguesa;Brasil nas copas, a história da Copa do Mundo com
destaque para a participação dos gaúchos; Astrologia, o cosmos e você (premiado com Prêmio Açorianos de Literatura 2004, categoria Projeto Gráfico); 50 anos do Margs (Museu de Artes do Rio Grande do Sul), Prêmio
Açorianos de Literatura, categoria Projeto Gráfico e Prêmio Bornancini /I Salão Apdesign, categoria design editorial, também em 2006. Para o

Ministério da Educação, realizou Cadernos do Mec, revista sobre a educação básica brasileira, de circulação nacional. Para o Ministério do Desenvolvimento Agrário, desenvolveu o projeto gráfico e a edição de imagens do livro Retratos do Brasil Rural (2006) e o projeto da revista Terra da Gente. Para Já Editores, desenvolveu e executou o projeto do livro Protásio Alves e o Seu Tempo, de Maria do Carmo Campo e Martha Geralda Alves
D´Azevedo. Para a Copesul e Já Editores, desenhou o livro Carlos Reverbel , textos escolhidos, com organização de Elmar Bones e Claudia Laitano. Para a Fundação Thiago Gonzaga/Vida Urgente criou e desenho os livros Gente Vida, coletânea de diversos autores gaúchos sobre a vida, e o livro Thiago
Gonzaga, histórias de uma vida urgente. Alguns de seus diversos clientes: Conselho Regional de Psicologia, Jornal O Povo de Cachoeira do Sul, Mahatma Comunicação, MDA, Vivo, Amigos da Terra, MDA, MinC, MMA, MEC, Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de Porto Alegre.Realizou os projetos das exposições Ainda Cabe Minha Aldeia no Mundo?, com fotos de Marco Nedeff e curadoria de Cristine Loff, na Caixa Cultura de Brasília, e Noites de Filó, também de Marco Nedeff, vencedora do edital do Fundo de Apoio à Cultura, no
Memorial do RS. Na Assembleia Legislativa do RS, produziu a exposição de capas do Coojornal, Um Jornal de Jornalistas Sob Regime Militar, no Vestíbulo Nobre Erico Veríssimo. De 2012 a 2016, atuou como vice-presidente do Clube dos Editores do RS. No Clube, criou a 1ª Festa da Leitura do Clube dos Editores, e coordenou a produção do evento, que reuniu em 2012, no Mercado Público, 10 mil pessoas dentre crianças, jovens e adultos, em atividades de Mediação de Leitura, com apresentações gratuitas e oficinas de contação, minicontos dentre outras.

Realizou também a 2ª Festa da Leitura, na Usina do Gasômetro, que reuniu 20 mil pessoas, nos mesmos moldes. Também pelo Clube dos Editores, coordenou a realização de seis edições do Seminário Anual O Negócio do Livro, em parceria com o Goethe Institut, das quais participaram diversos profissionais em destaque no setor do Livro e Leitura, tanto na produção quanto na circulação e as mais diversas etapas
que envolvem o Negócio do Livro.

Livros



Edgar Vasques

Livros



Marco Nedeff

Nasceu em Nova Prata, Rio Grande do Sul, em fevereiro de 1957. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade dos Meios de Comunicação Social da PUC/RS, em 1986. Trabalha como fotógrafo profissional desde 1987, nas mais diversas áreas: documental, publicitária e artística. Entre as premiações, foi vencedor do Prêmio Nacional Nordeste/Transbank, em 2003, com menção honrosa no mesmo concurso, e foi vencedor do concurso fotográfico promovido pela Prefeitura Municipal de Santa Maria, em 2004. Autor da mostra fotográfica Ainda cabe minha aldeia no mundo? – apresentada em Brasília e em Nova Prata (2010), levou a exposição Brasília 50 Anos à Costa Rica. Nedeff assina as fotos do livro Rua da Praia - um passeio no tempo. Fale com o fotógrafo

   

Livros



Quer receber nossas novidades? Deixe aqui o seu e-mail.

Pesquisa

Editora Libretos

CNPJ 81.249.727/0001-09
Rua Peri Machado 222 | Bloco B | 707 | Porto Alegre | RS | CEP 90130-130
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(51) 3233-3804 | (51) 99355-4456

2020 © Editora Libretos